26 de outubro de 2013

...

quem disse que a depressão é opcional?! quem disse que se escolhe, viver na tristeza ou na alegria porque a realidade é que a maior parte das vezes a felicidade depende de nós, mas nem sempre. se amas alguém, não desses amores de estação que vão com a mesma felicidade com que chegam, que deixam os corações quentes.. se amas de uma forma que até doi, onde não é possível mentiras, traições nem deslealdades? e se o teu amor te magoa, maltrata, te põe para baixo e te humilha? então nesse caso a felicidade não está nas tuas mãos.
mas tu é que tens que assumi-la, ela é tua, não é qualquer coisa para se pegar assim e enviar ao chão como se nada fosse, tens que arrancá-la das mãos dessa pessoa, desse teu doce inimigo. tens que aprender a dizer adeus...

mas dizer adeus às vezes é muito dificil.. na nossa cabeça dá certo, pensas num discurso com uma frase final chocante e que nesse momento vais virar as costas e sair gloriosa, porque foste magoada mas também te levantaste, mas quando abres a boca para falar não sai nada a não ser um pedido de socorro, um pedido para que ele te ame assim, como tu o ames a ele, com qualidades e defeitos; para que ele te compreenda, tenha paciência e seja de novo aquele amigo que estava sempre lá, que te volte a abraçar e te diga "desculpa..", porque sabes no teu coração que vais desculpar sempre, porque é um amor que não te permite seguir em frente, acorrentou-te, um amor do tipo 'está sempre lá..'. e vais ficando, esperando todos os dias um sorriso, um carinho, um pedaço de amor.. e por vezes recebes, ficas feliz como um cão que recebe uma festa do dono, isso faz o teu dia e dá-te força para aguentar mais dias de humilhação e dor, porque pensas sempre que ainda há um bocadinho de carinho para ti naquele coração tão duro, mas a verdade é que os portões estão fechados e tu continuas do lado de fora a olhar para dentro, com vontade de entrar mas sempre sem a chave. 

pensas sempre que um dia vai mudar, "vou aguentar mais um bocadinho... vai melhorar!", e fazes figas e força suficiente para TU acreditares nisso, quando sabes que não.. que nunca vai melhorar. ele nunca mais vai gostar de ti. porque tu não te dás a esse respeito, não te amas, não te valorizas, não te maquilhas nem calças uns saltos altos. quando passares a amar-te, ele vai amar-te, mas aí tu já não o vais amar a ele. vais ter amor suficiente em ti para descartares aquele amor louco e desvairado que sentias, vai ser uma troca de sentimentos, e mesmo que não queiras vingança, ele vai sentir tudo o que tu sentiste. humilhado e rejeitado. 
e mesmo que tentes nunca mais vai dar certo, houve demasiadas feridas no teu coração... vais continuar a olhar para ele e a ver sempre o lobo vestido de cordeiro a quem não podes abrir o coração novamente... porque hoje és uma pessoa melhor. porque hoje és tu,

e porque hoje esse alguém sou eu.

Sem comentários: