3 de maio de 2011

eu tive um amigo. um amigo que tornou a minha vida num sonho, uma amizade daquelas que todos queremos ter mas poucos acham. e se a acham, é só uma vez. uma amizade que me ofuscava, e que por vezes me fazia pensar se era realidade ou não... hoje ainda me questiono. sinto-me feliz porque eu tive um amigo assim, mas a vida separou-nos como se isso fosse o destino e não pudessemos fugir dele. ele foi e sempre será o meu melhor amigo. um rapaz, sim. mas a pessoa mais parecida comigo que eu alguma vez encontrei, eu dizia-lhe e espero que ele se lembre disso, que ele era o único homem que eu ia sempre amar, e ele abraçava-me. tenho tantas saudades. dos tempos que eramos colados e ninguém nos separava, de me teres acompanhado sempre em tudo. sinto tanto a tua falta e não há dia que não me lembre de ti. fazes falta aqui, em mim, e deixaste comigo a tua presença e a tua alegria de viver. foste tu, que presenciaste as minhas primeiras paixões, o meu primeiro namoro; foi contigo que bebi a primeira cerveja que saboreamos como se fosse a melhor coisa do mundo, foi contigo que experimentei fumar pela primeira vez, juntos faltámos pela primeira vez a uma aula, que fizemos cábulas e que fomos expulsos da aula. foi contigo que ri e que chorei. foste tu que enxugaste as minhas lágrimas e me pintaste um sorriso. foi contigo que criei um hi5 e há quase 10 anos que estás lá em primeiro lugar, e lá há-des ficar. adoro-te e a única coisa que me fez sofrer vindo de ti foi teres ido embora sem me dizeres nada, dizes que não conseguias te despedir, mas mereciamos isso. se eu soubesse que aquela fosse a última vez que te veria teria te abraçado com mais força, teria inventado assuntos para a conversa durar mais, e teria dito mais piadas para ver o teu sorriso. teria contado coisas que agora não posso contar, coisas que não fazem sentido para mais ninguém mas para nós fazia.
quando te foste embora levaste contigo parte da minha história. mas eu tenho a minha máquina do tempo, que me faz voltar atrás e ás minhas lembranças. só espero que a vida tenha cuidado bem de ti, de mim cuidou bem. apenas deixou uma coisa por resolver: a saudade de quem foi...


Sem comentários: