15 de setembro de 2010

muitos me pedem para fazer textos dedicados a eles, mas são os poucos que realmente merecem e que conseguem arrancar de mim as melhores e mais sinceras palavras. Ana, tu és uma dessas pessoas que sempre o conseguiu, não por termos partilhado uma vida ou uma infância juntas mas porque desde o momento em que nos conhecemos conseguimos recuperar o tempo perdido. 
gosto de ti para sempre, digo-o com toda a conficção porque sei que é verdade, és das poucas pessoas a quem eu digo isso, porque mais tarde ou mais cedo as pessoas acabam por me decepcionar, mas tu não. foram muitos anos, muitos risos que partilhei contigo, muitos "filmes" que fizemos juntas, muitas tardes passadas juntas, foram muitos momentos que te promoveram esse cargo. esse teu sorriso é nada mais do que a entrada para o teu mundo, sempre cheio de alegria onde empurras as tristezas fora, e fazes questão de colocar um sorriso assim idêntico ao teu na cara de cada um que faz parte da tua vida, és uma boa amiga e poucos se podem gabar disso, mas tu sim. abraças sempre a vida, independentemente do que ela te traga, sejam tristezas ou alegrias consegues sempre dar a volta por cima, já passaste por maus momentos e eu tenho pena de não ter estado lá, mas foste forte e seguiste sempre em frente, às vezes, com as dúvidas nas mãos e com um pé colado ao passado. mas felizmente, conseguiste superar tudo isso. tenho orgulho em ter uma amiga como tu, forte. que seguiu os seus sonhos, que foi em rumo ao desconhecido e fico feliz de teres encontrado a felicidade. por finalmente estares a viver um amor à tua altura, um amor que mereces e que não te traga sofrimento. que te esboço sempre na face esse sorriso lindo, que por aqui continua a alegrar os meus dias, quer nas fotos que eu veja ou nas lembranças que trago comigo sempre, para sempre. a distância que nos separa em tempos foi problema, pelo menos para mim, continuo a morrer de saudades mas aprendi que entre nós não existe longe, só saudade e amizade. uma amizade que espero que dure para sempre. quero que voltes vezes e vezes sem conta para que possamos uma vez mais rir, rir e rir. que era aquilo que eu mais fazia na tua companhia. foste o meu sorriso muitas vezes quando eu só queria chorar e por isso tenho que te agradecer eternamente, foste minha amiga quando eu não tinha mais ninguém e soubeste sempre fazer-me esquecer as amarguras. é isso que tu sabes fazer melhor, sorrir e fazer os outros sorrir. é isso que tu és e vais ser para sempre, a felicidade com cabeça, tronco e membros. 
Adriana e Ana :)

adoro-te 




Sem comentários: