4 de setembro de 2010

#13 LETTER TO SOMEONE YOU WISH COULD FORGIVE YOU

- desculpa. tu sabes quem és, eu sei quem tu és, e tu sabes quem eu sou. feliz ou infelizmente encontraste-me no caminho e graças a tudo o que eu te fiz agora a culpa, a vergonha e o arrependimento vêm ao meu lado, estão sentados ali, do outro lado da mesa, a olhar-me e a matar-me, a torturar-me. a queimar-me a carne e o coração, a devorar-me a alma e a minha mente. consome-me mais que tudo esta tristeza que trago comigo por ti, este arrependimento de alguma vez te ter magoado, eu não sou assim, eu não sou perfeita mas não gosto de magoar os outros (ninguém gosta). e o facto de ter tentado controlar sempre tudo estragou tudo e criou uma dor entre nós. mas eu pensava que estava a fazer o que era certo, pensava que tudo não passava de devaneios da minha cabeça tola e que eles iam passar, mas não passaram e eu magoei-te e por consequente magoei-me a mim, foi uma eutanásia involuntária. não sei se já me perdoaste, dizes que sim, mas eu sei que cada vez que ouves o meu nome, recebes uma sms minha ou de cada vez que eu falo contigo no msn, tu lembras-te de tudo. ás tantas para ti eu sou a representante da dor em forma humana. de ti eu merecia as piores palavras e que nunca mais me dirigisses a palavra, e se tivesses feito isso eu iria embora com dor compreender tudo, até ao último ponto. e ia engolir tudo. talvez tenha que me perdoar a mim mesma, mas é difícil quando eu magoei alguém que gostava tanto. desculpa. desculpa. desculpa.
desculpa tudo o que te fiz. não tenho mais palavras, acabaram-se, a única que me salta da ponta dos dedos ao encontro das teclas é 'desculpa' e tu já a ouviste vezes sem conta. vou-te deixar no teu mundo a solidificar tudo isto, aquele mundo do qual eu fiz parte e saltei fora, que estúpida, pode ser que um dia me deixes entrar de novo. até lá, desculpa.

2 comentários:

Mariana disse...

vou seguir o teu blog, gostei muito :3
beijinhos *

Cátia disse...

os teus textos são tão bonitos :)