19 de agosto de 2010

#1 LETTER TO YOUR BEST FRIEND

- Catitas, és a minha melhor amiga e a melhor de sempre. olha que isso é difícil. ser-se amigo até é fácil, ser melhor amigo requer alguns "trabalhos", mas ser-se a melhor amiga de sempre requer aquela empatia que se tem só com uma pessoa. as almas gémeas não existem só para os amores, mas também para as amizades. tu és a minha. acho que me lembro de ti desde sempre, desde que entrei para o infantário, lembro-me de te ver algures por lá nas tuas brincadeiras atarefadas, algumas até partilhamos juntas, via-te sem fazer a mínima ideia que um dia ia-te escolher para seres a minha irmã do coração. a única irmã que eu pude escolher. e até que não foi preciso muito, porque desde cedo que senti em ti alguém que se parecia comigo, e o que é mais engraçado é que somos tão diferentes. somos o céu e o mar, mas completamos estas duas vidas que são as nossas. tu és uma rapariga sem igual, tenho orgulho em ti e quero, um dia, ser como tu. és um pouco insensível e eu, segundo tu, sou a pessoa mais sensível que conheces, dizes-me tantas vezes que sou pirosa. mas isso não me importa, porque foi isso que eu vi em ti, a tua frontalidade, e eu sei que apesar de ás vezes me achares pirosa tu estás sempre cá para mim e não tentas mudar aquilo que eu sou. tal qual como eu a ti, apesar de aparentares ser assim uma pessoa forte tens os teus momentos e fico verdadeiramente feliz por compartilhares esses momentos comigo. somos as melhores amigas, e das vezes que me dizes isso, que me chamas de melhor amiga são dos momentos que mais me lembro e mais aprecio. espero que nunca nos separemos, mas se um dia a vida nos levar em estradas diferentes espero que te lembres de mim e que continues a chamar-me de melhor amiga. eu sei que comigo vai ser assim.
melhores amigas ontem, hoje, amanhã e sempre. 

- eu e tu - 

Sem comentários: