5 de maio de 2010

can you feel ?


Se conseguisses sentir o bater do meu coração ou ao menos quisesses entende-lo, se eu soubesse que tu realmente te importas e que queres descobrir o mundo comigo. Eu quero, eu quero pegar no nosso tapete voador e voar rumo ao infinito, onde nada nem ninguém poderá separar dois siameses, que nós somos.
De qualquer forma, mesmo que não queiras descobrir o mundo comigo, mesmo que não queiras voar eu ficaria deveras satisfeita e feliz de poder contar com a tua companhia esta noite, de contar com o teu calor no sofá, de encontrar a tua mão dentro da taça de pipocas e de partilhar o meu medo de filmes de terror contigo, iria voar certamente assim que ouvisse dizeres-me ao ouvido "Eu estou aqui.". Como já me disseste dezenas de vezes, dizes que estás aqui mas por mais que eu olhe ao meu redor eu nunca te vejo, os meus olhos não te alcançam, mas o meu coração... Esse sim irá sempre alcançar-te, fujas o que fugires.
Consegues ouvir o meu coração a bater por ti?

Sem comentários: